quinta-feira, 9 de julho de 2015

CRIATURAS 08 - Quibungo




Olá queridos leitores, queria começar mais um post do nosso quadro CRIATURAS pedindo desculpas pela ausência nas postagem do blog, tempos difíceis mais que estão passando. Em minha busca incessante por mais conteúdo sobre lobisomens encontrei este ser que veio lá da África, uma das criaturas que as mães de antigamente contavam histórias a respeito dele para seus filhos irem dormir mais cedo. Ele adora crianças, principalmente as mais traquinas, com certeza você já ouviu falar do "Velho do Saco", aquele que era confundido com qualquer senhor que carregasse uma sacola grande na rua, crianças corriam desesperadas para as saias de suas mães. Mas o nosso Velho do Saco tem nome, ele se chama Quibungo e é muito mais aterrorizante do que um senhor de idade com um saco grande.

O Quibungo é um dos personagens mais assustadores do nosso folclore, embora também não seja criação nativa das terras baianas, onde costuma atuar, mas uma adaptação do antiquíssimo Velho do Saco e de outros personagens assemelhados, espalhados por todo o mundo. (O homem do Surrão português parece ser o seu protótipo mais próximo.) É uma espécie de Bicho-Papão negro, um visitante africano inesperado que acabou por se domiciliar na Bahia, onde passou a fazer parte do folclore local. Trata-se de uma variação do Tutu e da Cuca, cuja principal função era disciplinar, pelo medo, as crianças rebeldes e relutantes em dormir cedo.

terça-feira, 2 de junho de 2015

Introdução a genética dos lobisomens

Como estão alcateia? Faz tempo que o Jovem Lobo não aparece por aqui com seu focinho remelento para lhes trazer novidades, pois bem aqui estou eu! Vamos abordar um assunto bem interessante hoje e que a maioria provavelmente nunca achou algo assim em qualquer site, vamos falar sobre a genética dos lobisomens.

Ao contrário dos vampiros e zumbis, lobisomens, na verdade podem procriar e gerar filhos lobisomens mas com uma "condição". Para que isso aconteça o "gene lobisomem" deve estar presente em ambos os pais.

Não é tão simples como se poderia pensar. Surpreendentemente, o gene lobo é um gene recessivo, o que significa que quando é combinado com o gene humano que por sua vez é dominante, ele permanece "inativo". Isto naturalmente é uma enorme simplificação de todo o processo genético, mas é tudo que você realmente precisa saber para entender como se tornar um lobisomem por nascimento.

Os cromossomos de todos vêm em pares. Você ganha um cromossomo a partir do seu pai e um da sua mãe. O cromossomo emparelhado que você vai possuir é uma combinação dos dois. Desde que seus pais também tenham um par de cada cromossomo, você só vai conseguir um dos dois cromossomos que eles carregam. O que isto significa é que o seu par de cromossomos vai ser uma combinação aleatória de um dos dois cromossomos que seu pai ou sua mãe carregam.

sábado, 16 de maio de 2015

Sorteio de Livro!

Como estão queridos leitores e membros desta amada alcateia! Hoje temos uma super novidade para vocês. O nosso grande e querido autor de Fúria Lupina, Alfer Medeiros, está sorteando um Grande livro: Warwolf (editora Literata) dos autores Gabriel G. Sampaio, Fernando Possidente e Julio Cézar Samuel, que você pode concorrer visitando esta página. Então não perca tempo! Eu já estou participando só falta você!

Para mais informações e novidades visite também a página no facebook clicando aqui.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Dicas de filmes - 13

Auuuuuu! Boa noite alcateia! Cordiais uivos! Certo podem se acalmar agora, o Jovem Lobo chegou e chegou trazendo mais um filme para a nossa coleção de filmes de lobisomens, certo que faz mais de um ano que não posto dicas de filmes (caramba o que eu estava fazendo esse tempo todo!?) e hoje vim trazer para o conhecimento de vocês mais um filme que pode ter tentado, tentado muito mais não conseguiu, conheçam WER (vulgarmente chamado no Brasil de "Sinistro a maldição do lobisomem").

Classificação

Em Wer, acompanhamos a saga da advogada Kate Moore (A.J. Cook) que assume a defesa de Talan Gwynek (Brian Scott O’Connor) um morador do interior da França, acusado de estripar uma família de turistas ingleses que passava férias no local. Assegurado pela sua equipe investigativa de que o ataque foi na verdade provocado por um animal, ela tenta provar a inocência do seu cliente.

O filme faz uso do estilo found footage, mas a maioria das cenas foram rodadas da forma tradicional. Tecnicamente o filme não é tão fraco. Há poucas cenas de efeitos especiais, mas são bem feitas, na medida do possível, para um filme de baixo orçamento.

E na sua intenção de “reciclar” as histórias de lobisomens, William Brent Bell até que não decepciona. Sai de cena a clássica maldição, e a condição de ficar sob o domínio da lua vira algo hereditário, passado de pai para filho, em várias gerações da família Gwynek.

O filme também acerta em não transformar a “licantropia” em uma simples doença. Há, sim, algo de sobrenatural naquele lobisomem, mas o diretor deixa subentendido. O que é legal, pois dá margem para outras interpretações. As cenas de violência também são bem feitas.

O que complica mesmo é a história ruim e os vários furos no roteiro. Primeiro, o filme demora muito a engrenar. São quase 40 minutos para alguma coisa relevante acontecer. O que é algo sem sentido para um filme que dura apenas 1h30m. Uma trama paralela sobre a morte do pai de Talan tenta dar uma profundidade maior ao argumento, mas falha.

As motivações dos protagonistas também não convencem. Impossível ter simpatia com personagens tão rasos. Além disso, quando a transformação do lobisomem se dá por completo, vem junto com ela uma ação desenfreada que transforma Wer em um longa de perseguição, deixando o mistério de lado e se concentrando em lutas e embates entre a polícia e o monstro, no melhor estilo “O Incrível Hulk”.

Em se tratando de um filme de lobisomem, é claro que esperamos o monstro ser caçado impiedosamente, mas as cenas parecem que saíram de uma comédia de erros. Com direito a uma cena final envolvendo a protagonista que mais parece ter sido escrita por alguém que estava com preguiça de imaginar um desfecho melhor.

    

WER
(Sinistro a maldição do lobisomem)


Título no Brasil:  Sinistro a maldição do lobisomem
Título Original:  WER The legend Reborn
País de Origem:  EUA
Gênero:  Suspense / Terror
Tempo de Duração: 89 minutos
Ano de Lançamento:  2013
Sinopse: Após o assassinato brutal de uma família americana em férias na área rural da França, um homem peculiar que vive perto da cena do crime é cegamente acusado pelos assassinatos. Acreditando que seu cliente é inocente, a advogada de defesa americana Kate Moore e sua equipe decidem fazer uma abordagem científica, a fim de provar a incapacidade física do homem para as autoridades locais. Conforme ela investiga sua enigmática história familiar, ela descobre evidências que sugerem o renascimento inesperado de uma lenda. Quando um banho de sangue tem início, Kate deve fazer tudo o que puder para sobreviver ao terror que se segue e impedir que o caos se espalhe.






Trailer


Filme



É isso pessoal, espero que tenham gostado de mais um Dicas de Filmes, não fiquem com vergonha de comentar! Até a próxima.


Obs: A resenha desta matéria foi retirada do site Toca do Terror que vocês podem acessar clicando aqui.


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Werewolf Tycoon, o novo jogo para Android e iOS


Cordiais uivos leitores! Hoje venho com uma postagem muito interessante! Vamos conhecer Werewolf Tycoon que é um joguinho para celular que lançou no Hallowen deste ano e que tem como tema um lobisomem bem faminto. É muito divertido, o único objetivo é comer a maior quantidade de pessoas possíveis, sem deixar sobreviventes e sem ser visto. 

A medida que vai avançando de fase (ou de "noites") a quantidade de pessoas que aparecem vai aumentando, de um certo ponto começam a aparecer fotógrafos e é ai que começa a complicar, você não pode deixar eles te fotografarem pois caso isso ocorra, sua foto sai em todos os jornais e o exército vem para matar você. Em relação aos controles do jogo, é só você tocar nas pessoas que o lobisomem corre para devora-la.

O jogo esta disponível para Android e iOS, podem ir lá e baixarem! Pra quem ficou curioso segue um vídeo trailer do jogo. Então é isso pessoal até a próxima!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...